Cadastre seu E-mail

3 maneiras de usar óleos essenciais no cabelo


Óleos essenciais são compostos pelas essências de uma estrutura orgânica, qualquer parte de uma planta. Pode ser das folhas, do fruto ou até de uma semente. Esses óleos podem ser usados nos cabelos, na pele e na alimentação.
As melhores opções de óleos essenciais para o tratamento dos cabelos são, por exemplo, os óleos de argan, rosa mosqueta, abacate, jojoba, rícino, entre outros.
Cabelos secos e normais podem receber o produto diariamente. Já os cabelos oleosos, esses podem receber o produto de uma a duas vezes por semana.

Confiram três maneiras de usar óleos essenciais de maneira correta.

No creme de hidratação ou condicionador
Vale pingar algumas gotas do óleo essencial no creme de hidratação e no condicionador, mas em pequena quantidade para que os fios não fiquem oleosos, pesados.

Hidratação potente
Como o principal benefício do óleo é a umectação, você pode fazer uma hidratação apenas com ele. 
Após lavar os fios, aplique o óleo essencial como se fosse uma máscara de hidratação, massageando no sentido da raiz até as pontas, evitando, claro, chegar no couro cabeludo. Deixe agir por cerca de 15 minutos  e enxague, retirando todo o produto.

Pós química
A química está presente na vida da maioria das mulheres. A progressiva, por exemplo, alisa os fios, mas, como consequência do uso da química, danifica bastante. O óleo essencial, usado após a química, devolve aos fios a umidade perdida, promove hidratação profunda.
Não ultrapasse de duas ou três gotas no comprimento do cabelo. Se exagerar, os fios ficarão pesados, oleosos, com aspecto de sujo. 

O óleo essencial ainda podem ser usado como finalizador, reparador de pontas e como tratamento noturno. Só não esqueça de moderar nas gotinhas (3 gotas, no máximo, são suficiente). Ninguém quer o cabelo com aspecto ''seboso'', sujo, não é?







VaniteModeON ®